A Gato·Bravo é uma editora independente e produz livros no modo impresso e digital.

Publicamos autores autónomos que não encontram espaço nas editoras comerciais, além de literaturas brasileira, portuguesa e estrangeira de excelente qualidade.

Algumas perguntas frequentes:

Posso solicitar a alteração do contrato de edição?

Para além dos termos iniciais do contrato, que são customizáveis, as cláusulas 1 a 5 são fixas e pretendem fornecer o nosso melhor trabalho aos autores, permitindo que possamos unificar os perfis dos autores e apresentá-los igualmente em eventos nacionais e internacionais. Restrições às cláusulas 1 a 5 repercutem na impossibilidade da editora ter liberdade de atuação em prol do autor, o que resultará no estabelecimento de critérios de discriminação para autores com contratos mais restritivos.

Por que os conteúdos digitais são contratados para todos os países?

As plataformas de distribuição de conteúdo digital, especialmente e-books e audiobooks, são, em regra, postas em nível mundial. Tais plataformas são manejadas através de aplicações disponíveis e acessíveis nos sistemas AppStore e GooglePlay, motivo pelo qual não podemos restringir territórios para a abrangência da distribuição de conteúdos digitais criados a partir do livro impresso, tais como e-books e audiobooks.

A editora pode vender os direitos do meu livro para adaptação para obras teatrais, longa-metragens, séries ou curta-metragens?

Apesar da existência de uma cláusula que autoriza a cessão de direitos da obra, toda e qualquer cessão deve ser precedida de autorização expressa do autor, sem o que, o próprio comprador dos direitos se sentirá inseguro de contratar o conteúdo. Por este motivo, a cláusula que permite a cessão de direitos é genérica e se refere mais a cessões de trechos e citações, para a composição de obras de referéncia, tudo sempre ajustado previamente e com transparência com o autor.

Há autores que pagam contrapartidas para a publicação?

A depender da obra, do autor, e de questões internas definidas pela equipa editorial, o autor poderá publicar comercialmente (isto é, sem custos associados), ou publicar com o investimento de uma coparticipação. Há vários projectos editoriais disponíveis e a equipa da editora está habilitada a sugerir o que melhor se adaptará ao perfil do autor e da obra.

Posso rescindir o contrato a qualquer tempo?

Sim, pois não há cláusula penal no contrato de edição. No entanto, os livros remanescentes em stock deverão ser adquiridos pelo autor, ou autorizada a venda do stock remanescente sem a exigência dos direitos autorais correspondentes.

O que significa a disponibilidade dos direitos da obra para fins audiovisuais, especialmente para fins de marketing, merchandising e propaganda?

Actualmente há canais de divulgação do livro, como as plataformas Issuu.com, Stories do Facebook, Stories do Instagram, Blinkist e similares, que implicam na utilização de partes do livro (tais como imagens da capa, e imagens do miolo, animadas ou fixas) e suas composições, comentários, com montagens de vídeo (Youtube, Vimeo) e audio (Podcasts), além de leitura automática por aplicações de internet. Negar esta cláusula significaria a impossibilidade de usar imagens ou leituras do livro para as finalidades de partilha nas redes sociais e em plataformas de divulgação de conteúdos literários.

O que é uma cota de divulgação? O autor pode receber cota de divulgação?

A cota de divulgação corresponde a um máximo de 10% da edição e são exemplares que poderão ser encaminhados para críticos, livreiros, distribuidores, bibliotecas e outros opinion makers. Sobre tais exemplares não se paga direito autoral. A cota de divulgação pode ser partilhada com o autor, desde que conste no contrato quantos livros serão entregues ao autor em regime de cota de divulgação. Caso contrário, o autor deverá comprar os exemplares com os habituais 50% de desconto para a cortesia aos seus contactos.

A editora faz divulgação dos livros? Quais os limites do trabalho de divulgação para cada autor e livro?

O trabalho de divulgação é permanente e está presente a todo momento na vida do editor. Isso não significa que a editora possua um jornalista contratado em regime full-time disponível 24horas por Whatsapp e Messenger para as demandas individuais dos autores.
Se o autor deseja uma divulgação especial, pensada com exclusividade para si, que inclua publicações diárias ao longo de meses nas redes sociais, com a criação e a administração de um sítio online, fanpage ou blog para o autor e/ou a sua obra, e mesmo com endereçamentos e envios de seus livros para dezenas de canais e destinatários de sua preferéncia e escolha, com follow-up de todos os rastreios e entregas, com a solicitação de feedbacks sobre a obra e pedidos de inserção em notícias, entrevistas, curadoria de eventos, tal serviço de marketing especializado poderá ser contratado à parte, como assessoria de comunicação, assessoria para as redes sociais, organização de eventos, curadorias, e pode ser pago em base mensal ou por Jobs.

Como é feita a distribuição da Editora Gato-Bravo em Portugal?

A Gato-Bravo utiliza uma distribuidora exclusiva para livros impressos em livrarias físicas e outras distribuidoras de apoio para a maior dispersão dos livros em pontos de venda online. A editora também faz a colocação do livro impresso para venda online por intermédio de plataformas de distribuição. Os livros digitais são distribuídos por intermédio de plataformas de distribuição de e-books. Os audiolivros e outros formatos digitais também possuem distribuição por intermédio de plataformas específicas. A depender do projeto editorial escolhido para a obra, o livro poderá ser distribuído em plataformas de print-on-demand.

Por que a editora utiliza a distribuição?

Editores distribuem através do serviço de distribuidoras, que apresentam os livros para as livrarias. O serviço dos distribuidores custa, em média, 50% a 60% do preço de capa dos livros comercializados, pois aí já está inserido o percentual pago para a livraria, que é em média de 30% a 50%.

Quanto dinheiro posso ganhar com uma edição?

Com a edição, o autor ganha 10% do PVP (preço de venda ao público, também chamado preço de capa), seja do livro impresso, seja do e-book, ou do audiolivro, ou dos outros valores repassados à Editora relativamente a cada título. Se houver ou não coparticipação, os percentuais permanecem os mesmos. O autor também pode ganhar o dinheiro da venda direta de exemplares comprados com o desconto de 50% (ou a preço de custo, caso seja encomendada uma tiragem extra) na editora. Temos autores que vendem zero livros em período de 2 anos, e autores que vendem milhares de e-books e centenas de livros anualmente. Tudo dependerá da relevância e qualidade da obra, da expressão do autor no meio editorial e literário e do seu trabalho constante perante o público-leitor. A editora compromete-se a disponibilizar o livro e promovê-lo ininterruptamente, porém, no mundo conectado da internet, nada substitui a presença e disponibilidade do autor perante o seu público-leitor.

Como eu posso saber como as vendas estão indo?

As prestações de contas são fornecidas em base semestral e, eventualmente, em base anual, conforme a praxis do mercado editorial português. A cada janeiro e a cada agosto, a editora está disponível para informar sobre as vendas do semestre ou do ano anterior. As vendas realizadas em apresentações e eventos com participação do autor são informadas logo após os mesmos.

O pagamento de contrapartidas ou coparticipações significa que o autor está a realizar autopublicação?

A autopublicação tem características bastante específicas, tais como a ausência de uma revisão editorial, a ausência de aposição de selo editorial, a autonomia do autor em opinar sobre a capa e o projecto gráfico, o fornecimento de tiragem integral ao autor sem a correspondente distribuição pela editora, ou com distribuição exclusiva por intermédio de um único canal, tradicionalmente, a loja virtual da empresa que prestou o serviço. A autopublicação é um serviço muito limitado e se presta a objetivos bastante específicos do autor, seja para um autor famoso, que prescinde das editoras comerciais, seja para autores-apresentadores, que realizam workshops e efetuam altas vendas presenciais diretamente ao público-leitor, ou então para autores que desejam apenas confeccionar um livro como a realização do seu sonho pessoal, porém não possuem ambições literárias e comerciais. Consulte, a propósito, as plataformas Lulu.com ou a CreateSpace, da Amazon.

Conheça o nosso processo editorial

Veja aqui as etapas que o seu original vai percorrer.

material

PASSO 1.
ANÁLISE DO ORIGINAL

Fazemos a análise do original enviado para investigar, não só a qualidade do texto, como também a viabilidade da edição, o seu potencial alcance e o estimado desempenho em vendas.

material

PASSO 2.
MODELOS DE PUBLICAÇÃO

Em seguida, o autor é convidado a assinar um contrato de edição e escolher entre as diversas modalidades de publicação disponíveis.

material

PASSO 3.
PRIMEIRA REVISÃO

A obra então é revista por profissionais especializados - revisores e preparadores - que deixarão o livro pronto para seguir para a fase do design.

material

PASSO 4.
PAGINAÇÃO

Consolidado o texto final e formatado adequadamente, o livro segue para os profissionais do design que vão criar o projeto gráfico e distribuir o texto nas páginas para garantir legibilidade e harmonia ao texto.

material

PASSO 5.
CRIAÇÃO DE CAPA

Em paralelo, a obra também segue para o designer de capa que, devidamente orientado, fará os primeiros esboços da capa e contracapa seguindo os padrões do mercado para cada tipo de género literário.

material

PASSO 6.
APROVAÇÃO DO AUTOR

Os ficheiros do livro são sempre aprovados pelos autores, em consenso com a editora. Os ficheiros do livro seguem para a pré-produção da gráfica após a aprovação integral do autor.

material

PASSO 7.
GRÁFICA

Durante este período, a equipa da editora prepara a ficha comercial, efetua as últimas correções apontadas pelo setor da pré-produção, acompanha o projeto gráfico e aguarda o transporte da tiragem. Finalmente, é autorizado o agendamento do lançamento.

material

PASSO 8.
LIVRO DIGITAL

Depois de o livro estar cadastrado, conforme o projeto editorial escolhido, o mesmo poderá seguir para a criação da versão e-book que, no final, será cadastrada nas plataformas digitais mais prestigiadas do mundo.

Vantagens de publicar
connosco

Destaque o seu livro junto aos nossos melhores títulos e autores. Publicamos ficção e não-ficção na área de humanidades.

  • Atendimento personalizado

  • Conselho editorial de excelência
  • Equipa com profissionais qualificados
  • Participação em eventos
  • Inserção em catálogo internacional
  • Maior destaque para o autor e a sua obra
Conheça também os nossos outros canais editoriais:
 
Nos Estados Unidos, a Felis Press Books: www.felispress.com
 
 
Para outros projetos, a Agência MAX: www.agenciamax.com