Abraçar e acolher são duas palavras-chave neste livro do psicanalista Celso Traub. Seguindo a máxima grega “conhece a ti mesmo”, o autor, que demarca sua posição questionadora e rejeita fórmulas prontas, dá saltos cronológicos, convidando os leitores a conhecer histórias atuais (ou atemporais) e narrativas passadas. Neste movimento pendular entre tempos distintos, deparamo-nos com as aspirações, frustrações, euforias, calmarias, conflitos e resoluções das personagens. Em outras palavras: experiências comuns a todos nós, humanos.
Celso Traub mescla diálogos entre pacientes e psicanalista com os seus relatos pessoais, criando, assim, uma obra sensível e rica em que ficção, memória e biografia se confundem. Diante de temas delicados, o escritor opta por uma linguagem fácil e convidativa, para apresentar os bastidores das relações genuínas e significativas que nos fascinam como indivíduos. Não por acaso, o título do livro é uma homenagem ao pai do autor, personalidade cativante e essencial à obra, com quem o escritor mantinha uma relação especial. Surpresa, comoção, identificação e libertação são algumas das sensações despertadas pelos personagens-espelhos deste admirável livro O mestre dos abraços: um olhar humano sobre o sofrimento, que é, desde a primeira página, um convite sedutor à leitura.

Celso Traub nasceu em Porto Alegre, em 1959. É filho e neto de refugiados russos que se estabeleceram no sul do Brasil em busca de uma vida melhor. Desde criança foi um apaixonado pelos livros e pela cena cultural da sua cidade e sua tradição literária. Formou-se médico na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde conheceu a Psiquiatria e as dores humanas sem voz. Nas últimas duas décadas é psicoterapeuta em seu consultório privado na Lagoa da Conceição, na ilha de Santa Catarina, e utiliza a imensidade de situações das quais é depositário como inspiração para os seus livros.

Edição: 1 | Ano: 2022 | ISBN: 9789899069190

O mestre dos abraços

O mestre dos abraços

Abraçar e acolher são duas palavras-chave neste livro do psicanalista Celso Traub. Seguindo a máxima grega “conhece a ti mesmo”, o autor, que demarca sua posição questionadora e rejeita fórmulas prontas, dá saltos cronológicos, convidando os leitores a conhecer histórias atuais (ou atemporais) e narrativas passadas. Neste movimento pendular entre tempos distintos, deparamo-nos com as aspirações, frustrações, euforias, calmarias, conflitos e resoluções das personagens. Em outras palavras: experiências comuns a todos nós, humanos.
Celso Traub mescla diálogos entre pacientes e psicanalista com os seus relatos pessoais, criando, assim, uma obra sensível e rica em que ficção, memória e biografia se confundem. Diante de temas delicados, o escritor opta por uma linguagem fácil e convidativa, para apresentar os bastidores das relações genuínas e significativas que nos fascinam como indivíduos. Não por acaso, o título do livro é uma homenagem ao pai do autor, personalidade cativante e essencial à obra, com quem o escritor mantinha uma relação especial. Surpresa, comoção, identificação e libertação são algumas das sensações despertadas pelos personagens-espelhos deste admirável livro O mestre dos abraços: um olhar humano sobre o sofrimento, que é, desde a primeira página, um convite sedutor à leitura.

Celso Traub nasceu em Porto Alegre, em 1959. É filho e neto de refugiados russos que se estabeleceram no sul do Brasil em busca de uma vida melhor. Desde criança foi um apaixonado pelos livros e pela cena cultural da sua cidade e sua tradição literária. Formou-se médico na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde conheceu a Psiquiatria e as dores humanas sem voz. Nas últimas duas décadas é psicoterapeuta em seu consultório privado na Lagoa da Conceição, na ilha de Santa Catarina, e utiliza a imensidade de situações das quais é depositário como inspiração para os seus livros.

Edição: 1 | Ano: 2022 | ISBN: 9789899069190